Bem Vindos !

Bem Vindos tôdos(as) os que Amam a Lusitânia , tôdos(as) os que Amam Portugal e o Sêu significado profundo no que respeita ao Futuro da nossa querida Mãe Terra e da Sua Criação , incluindo a Humanidade .
Estejam á Vontade nesta humilde casa , aonde podem Descansar junto á Lareira do Coração , enquanto ouvem uma Música e lêem as Palavras reconfortantes de um Livro ... mas não esperem adormecimento , nem alienação , nem inconsciência , nem nada que nos afaste da Realidade ...
Esperem , talvez , o inesperado , e Tudo o que nos possa (re)conduzir de volta á Fonte ... encontrarão aqui Coisas de muitas proveniências .
Tôdas elas , sejam , Palavras , sejam Música , sejam Imagens , falarão de Dêus , o nosso querido Pai e Mãe , Filho e Espírito Santo ... opto por nomear segundo a Tradição Ocidental , que é a minha , em Especial , nêste Rectângulo ancestral que é Portugal , nêste Balcão que Mira o Atlântico profundo , aonde , Algures , no seu Fundo , a Atlântida aguarda Regressar ao Consciente da Humanidade ... não meçam o que aqui vêem/ouvem/sentem , por conceitos limitadôres , porque a Lusitânia da nossa Alma , não tem medida , a nossa querida Mãe do Céu e da Terra , não SE Limita .
Não nos limitêmos nós (cada um de nós) também ... Tudo é permitido , tôdas as palavras , opiniões , sentimentos , maneiras de vêr , serão permitidas , excepto aquelas que nos conduzam de volta á inconsciência .
Palavras de maledicência , de hipocrisia , de cinismo , de maldade , de intolerância , de fanatismo , de mentira , serão erradicadas deste local de Paz .
Tôdas as formas de expressão , religiosas/espirituais/filosóficas serão bem-vindas dêsde que venham do coração , movidas pêla Honestidade e pela Humildade do verdadeiro aprendiz .
Da Lusitânia , de Portugal , falarei/ falarêmos se assim o quiserem , da sua História , da sua Espiritualidade , dos seus Poetas/Profetas ,das Profecias , da sua imensa e íntima relação com o estabelecimento nesta Terra , das Novas Terras e dos Novos Céus prometidas pêlo Criadôr .

Pesquisar neste blogue

18/09/2017

AS VERDADEIRAS RAÍZES DOS PORTUGUÊSES IV - A LÍNGUA CÓNII-LUSIBÉRICA ATLANTE, MÃE de TÔDAS as LÍNGUAS!



« No Princípio Existia O Verbo.

O Verbo Estava Com Dêus,

e O Verbo Era Dêus. ... »

(São João
Evangelista)



...

(Pinharanda Gômes (Clicar)  acêrca do Pensamento de Teixeira Rêgo   (Clicar)




Foi-me enviado para as mensagens da Luz da Citânia um texto em  Brasileiro, texto êste ,usado para publicitar um livro  no Brasil , livro êsse, cujo autôr se arroga a sêr, o "génio" que "descobriu" sêr a Língua de Portugal , a Língua Cónii-Lusibérica, a Língua Original , aquela que originou tôdas as outras.
Estamos de acôrdo quanto á  Língua Portuguêsa , a de Portugal portanto, a Língua Cónii-Lusibérica, sêr a Original, mas Discordo em absoluto , por várias razões que exporei mais abaixo, da sua auto-assumida autoria dessa real e extraordinária Descoberta, e por essa razão resolvi publicar o que sinto e penso( e alguns factos que conhêço...) em relação a êsse Assunto de Tão Grande Significado e Influência na História da Humanidade e das Nações, a começar pela Pátria da Língua Original da Humanidade, a Cónii-Lusibéria Ancestral, Portugal , o Pôrto-do-Graal.



O texto publicitário que êste indivíduo largou na Luz da Citânia, veio , apesar de tudo, em Bôa-Hora, uma vez que se enquadra na  temática das

http://macieluxcitania.blogspot.pt/2014/10/as-verdadeiras-raizes-dos-portugueses-ii.html 
(Clicar na imagem)

(Clicar)

que tenho vindo a publicar.

Inicialmente , as palavras que se seguem , seriam uma resposta pessoal ao autôr do auto-proclamado livro "revolucionário", mas acontece que aparecêram factos , que escrevi, e que me parecem importantes de divulgar, e daí, transpôr essa carta para um artigo na Luz da Citânia, foi um passo natural.


Omitirei os linques publicitários á editôra do livro(mas deixarei o linque do autôr), porque êste, não é um sítio onde,  sem mais  nenhum interêsse que não o comercial, se possa vir largar o "ôvo" publicitário.

Tal como está escrito logo no início da Luz da Citânia , êste não é um lugar de Comércio!


Daí, sim, não têr gostado.
Não gostei da falta de consideração, não gostei da arrogância de se assumir como "o descobridôr" de Algo já Descoberto há muitos anos por vários Investigadôres Portuguêses, e de assumir que "a língua é nossa"..

E porque é que digo isto?
Porque, quem diz os disparates e as coisas ridículas que o indivíduo diz, mostrando uma ignorância completa e total acêrca de Portugal e da Sua História, só pode estar de má-fé, pois o objectivo, bastante dúbio, torna-se claro: ADLopes não pretende falar da História desta Terra Ancestral que é a Oestriminis, a Conii-Lusibéria que é Portugal, a Origem e a Séde da Língua que é hôje O Português.

ADLopes "concede"(que remédio tem êle...) que A Língua É Daqui, mas "só de passagem"(infere-se), pois o verdadeiro objectivo é Desligar a Língua da Sua Origem , que é Portugal, e "transferir o seu futuro para o brazil"(Conclui-se)...


(Clicar)

Tudo isto  é plano Maçónico, a mêsma Maçonaria que dêsde "a independência do brazil", se apossou da Terra de Vera Cruz.




(Clicar)

Êste foi o "ôvo publicitário"(texto)  deixado sem mais nada  na língua Brasileira ,texto êste , aqui apresentado e já vertido para Português.



Aconselho a que, se não conseguirem percebêr o que está escrito,
 aumentem o tamanho das lêtras no ecrã do vosso PC/portátil. 
Para isso basta fazêr Ctrl+ e aumentar o que fôr preciso.
Para diminuir é o processo inverso Ctrl-                  



Nota: 
Porque é que digo Língua Brasileira e porque é que digo Português, separando as coisas?
Porque, acredito, O Brasil fala a Sua própria Língua já há muitos anos.
Deveriam assumi-LA.E isto pode acontecêr, naturalmente, sem prejuízo para o Bom Entendimento entre Pai e Filho...
Pai e Filho , ou seja , Portugal e Brasil.
Na família, o filho também sai da Casa  Paterna para fundar a sua própria Casa e, quando o faz definitivamente, então, torna-se Independente, estabelecendo a sua própria linguagem perante A vida.
No entanto , pai e filho , podem( e devem) se assim o desejarem , continuar a têr uma relação de intimidade e confiança mútuas, respeitando, óbviamente, o espaço de cada um. 
Agora, o que não se pode admitir(pode-se tolerar, mas não admitir...), é que um filho renegue o pai, e, não só o renegue, como se tente apropriar, á revelia da Ordem e da Justiça da Lei Natural, da propriedade que só ao pai pertence...
Felizmente que uma grande parte da  nova família dêsse filho  permaneceu fiel ás Raízes...

" A LÍNGUA LUZ é a semente linguística cósmica, que originou as actuais

10.000 línguas vivas existentes no planêta , e a nossa língua (???!!!), ... "

Nossa, de quem? 
De Portugal , óbviamente. 
O Português,
É falado pelo Português,
Em Portugal!
Em Portugal e em tôda a parte, onde o Português vai.


A Europa- Ilustração de mestre Carlos Alberto Santos,
(Clicar)


« O DOS CASTELLOS
 
A Europa jaz, posta nos cotovellos:
De Oriente a Occidente jaz, fitando,
E toldam-lhe românticos cabellos
Olhos gregos, lembrando.

O cotovello esquerdo é recuado;
O direito é em ângulo disposto.
Aquelle diz Itália onde é pousado;
Este diz Inglaterra onde, afastado,
A mão sustenta, em que se appoia o rosto.

Fita, com olhar sphyngico e fatal,
O Occidente, futuro do passado.

O rosto com que fita é Portugal. »

" ... a LÍNGUA LUZA, é a primeira língua que aflora dessa semente inicial.

 Para quem não sabia(??!!), a LÍNGUA LUZA recebe o nôme de

 PORTUGUÊSA,


 "devido ao PÔVO LUZO "pintar o pôrto com cal, que é a 


côr branca da época". (???!!)



Esta frase é duma Estupidez/Ignorância  Crassa.


Uma afirmação que só mostra uma completa ignorância da História da Cidade Invicta, da História  Ancestral de Portugal (e também da História do Brasil) ,e, para alguém que se assume como "descobridôr" de  Algo há muitos anos  Descoberto por autôres Portuguêses, describiliza-o completamente.
 
Estupidez , talvez intencional, pois demonstra a vontade de certos/alguns(que infelizmente para o Brasil são muitos) habitantes do Brasil, de "desligarem" A Língua de Portugal do Génio Criadôr Luso, dando-lhe uma origem e significado vulgares, pretendendo com essa Manipulação , em primeiro lugar, APROPRIAREM-SE  da Língua Lusa e acto contínuo , "desligarem-se" êsses próprios da Origem e Matriz Portuguêsa do Brasil. Como se isso fôsse possível...


http://www.lepanto.com.br/historia/brasil-500-anos/o-descobrimento-do-brasil/


Mas é por isso mêsmo, por tantos e tantos nascidos/as no Brasil Renegarem as suas Raízes e Matriz, que o Brasil está cada vez mais mergulhado na Treva...


Graças a Dêus que existem  grandes Brasileiros, homens e mulheres de Inteligência, de Sensibilidade e de Conhecimento, que dão testemunho e demonstram aos que não sabem, da íntima relação entre Portugal e Brasil, desmascarando os inimigos do(no) Brasil(mas primeiro de Portugal) e desmontando a sua agenda  da Treva.





"... só que esse pôvo, que pronuncia a letra v com o som de b(Ex: tu vais para tu bais), 

passa

a pronunciar PÔRTO CAL como PÔRTO GAL/PORTUGAL"  ... "  
(??!!)


Frase duma pura e estúpida Ignorância.

  Ignorância essa, que, suponho seja Deliberada(só pode sêr , pois ninguém é assim tão estúpido...ou será que é?), e que Rectificarei nos comentários 


mais abaixo ! 



" ... Essa expressão entrou de tal maneira na gíria popular, que a maioria dos portuguêses e brasileiros não sabem disso. Se pronunciares A LUZ rápidamente, ou seja, A LUZ-A LUZ-ALUZALUZ-A LUZA, verificarás que um nôvo vocábulo é originado.
A letra A mudando de lugar e indo para a frente da palavra LUZ, dá origem á palavra LUZA. Correcto? Vais, portanto, querêr lêr o livro "A Língua Luza". A Língua Luza,

apelidada de Portuguêsa"  ... "
(??!!)


" ... é a Língua Mãe de tôdas as línguas da Terra. Queres sabêr ainda mais?
Lê o livro "A Língua Luza". 
 Aqui no Brasil, a denominação "Galêga" é desconhecida e só serve para confundir.
Já aconselhámos o Roberto Morêno acêrca disso. Poderás pesquisar no FB, "A Língua Luza" , e têr uma visão antecipada dessa descoberta, que

é a Maior Descoberta Cultural da Humanidade"  ... "
(??!!)



« ULYSSES
O mytho é o nada que é tudo.
O mesmo sol que abre os céus
É um mytho brilhante e mudo -
O corpo morto de Deus,
Vivo e desnudo.
Este, que aqui aportou,
Foi por não ser existindo.
Sem existir nos bastou.
Por não ter vindo foi vindo
E nos creou.
Assim a lenda se escorre
A entrar na realidade,
E a fecundal-a decorre.
Em baixo, a vida, metade
De nada, morre. »

(Clicar)


" ... Há que esclarecêr que a 1ª edição do livro já é de 1989 e que hôje já vai na 11ª edição.

Caro leitôr ,O livro "A Língua Luza", do qual sou o autôr, tem a simpatia de ilustres intelectuais e ainda provas cósmicas que confirmam, que "as descobertas por mim realizadas"(A.D.L),
marcam o início da Grande Revolução Cultural pela qual passará a Terra. ..."
(??!!)


" ... São descobertas matemáticas, que identificam e ilustram, de maneira concisa e absoluta o princípio da Física Quântica; Descobertas, que elucidam enigmas como o nascimento da nossa iconografia, esclarecendo-nos sôbre a origem das lêtras e dos números. Descobertas astronómicas, que deitam por terra a teoria de Copérnico(???!!!) . Descobertas linguísticas que provam, que a Tôrre de Babel existiu realmente e que anunciam o encontro da Língua Mãe(???!!!). São descobertas incómodas, que, uma vez mais, deitam por terra o conhecimento actual. Leia-o.Surpreendêr-se-á. ..."
(??!!)


Goeree, Wilhelmus, I 
(Clicar)

~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~


COMENTÁRIOS ALARGADOS ÁS DUVIDOSAS

AFIRMAÇÕES de ALUÍSIO DIAS LOPES


1-ADLopes , não me enviou palavras suas actuais e escritas no momento , dirigidas á minha pessôa, uma vez que o texto Brasileiro que me enviou, é o que usa para publicitar o seu livro no Brasil, pelo que , tive de Traduzir para a Língua Cónii-Lusibérica , para O Português , portanto.


« VIRIATO
 
Se a alma que sente e faz conhece
Só porque lembra o que esqueceu,
Vivemos, raça, porque houvesse
Memória em nós do instincto teu.
 
Nação porque reincarnaste,
Povo porque ressuscitou
Ou tu, ou o de que eras a haste-
Assim se Portugal formou.
 
Teu ser é como aquella fria
Luz que precede a madrugada,
E é já o ir a haver o dia
Na antemanhã, confuso nada. »
(Clicar)

2-Sendo que , a Língua Conii-Lusibérica é a de Portugal, por uma questão de respeito, NÃO  tinha o direito de deixar aqui a sua publicidade, tal como os distribuidôres de rua que  despejam folhêtos nas caixas de correios dos prédios...  


(Clicar)



(Clicar)

Sucede que,  não tendo gostado de  A.D. Lopes me têr enviado o texto em Brasileiro e não Em Português, a verdade é que não o posso exigir, pois, óbviamente, o autôr, sendo e falando Brasileiro , não sabe Português, uma vez que não o fala.



(Clicar)


(Clicar)

«   MAR PORTUGUEZ 

Ó mar salgado, quanto do teu sal

São lágrimas de Portugal!

Por te cruzarmos, quantas mães choraram,

Quantos filhos em vão rezaram!

Quantas noivas ficaram por casar

Para que fosses nosso, ó mar!

 

Valeu a pena? Tudo vale a pena

Se a alma não é pequena.

Quem quere passar além do Bojador

Tem que passar além da dor.

Deus ao mar o perigo e o abysmo deu,

Mas nelle é que espelhou o céu. »

Poderá parecêr um exagêro afirmar isso, mas não é .

Portugal e Brasil , já não falam a MÊSMA língua.
De facto, Portugal Continua a Falar e a evoluir O Português, enquanto que o Brasil , já há pelo mênos 2 séculos , que fala a sua própria língua, a que chamo de Brasileiro, por razões óbvias, mas á qual podem chamar o que quiserem, mas nunca Português.
Porque há muito que Não É!.


3-A.D. Lopes não mostrou  o mínimo dos interêsses, no conteúdo da Luz da Citânia... limitou-se a despejar a sua publicidade aqui....


https://sites.google.com/site/cemallagos/carlos-alberto-castelo/o-reino-do-povo-konii 

https://sites.google.com/site/cemallagos/carlos-alberto-castelo/o-reino-do-povo-konii


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Nota sôbre a imagem anteriôr:

 Existem opiniões, aparentemente dispares, acêrca do têrmo "faraó/pharaon", supostamente , um título atribuído aos REIS do Egipto.Pessoalmente, creio, terá de havêr um meio-têrmo,uma síntese,  entre as várias hipóteses-teses.


    - A da Origem Atlante, da Kónii-Lusibéria , muitos vestígios materiais-factuais apontam para  esta        hipótese, mas também os Escritos de Edgar Cayce. Algumas das suas  revelações têm sido    confirmadas por descobertas arqueológicas.


http://www.was-this-atlantis.info/cayce/5.html 
 (Clicar)

    - A do grande Epigrafista Português Carlos Alberto Castelo , conforme ao que está escrito na referida imagem anteriôr.


    - A mais recente do Professôr Egípcio Ashraf  Ezzat (Clicar)

«... ‘Faraó’, na estória de Abraão, tal como na que Moisés e José contaram, não é o rei do Egipto, tal como milhões ao longo de centênas de anos fôram levados a acreditar, mas é  ‘Faraon/   فرعون o ancestral título Arábico para o chefe tribal. É, linguística e históricamente  sabido, que na ancestral Arábia, o chefe da tribo era designado por   Faraon/فرعون. É por isso mêsmo que, o Faraó de Moisés, não passou dum cruel Beduíno nómada da Arábia. Consequentemente, isso faria dos israelitas, uns  nativos da Arábia Ancestral. Parece uma piada, não é?No entanto é dolorosamente verdade.  ...» 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

4-  É duma grande presunção que A.D. Lopes se  arroge a "patente"da Descoberta que pertence por direito aos investigadôres Portuguêses de quem mais abaixo vou falar.
Isto é, já para não falar de grandes Investigadôres de Nações directamente ligadas á Origem das Línguas tais como as Aramaicas e as Cartvelianas.

Nas poucas  palavras que se podem lêr do seu texto publicitário, tudo aponta para a Ignorância do seu autôr.
Asseguro que existem em Portugal Ancestral , a Terra-Mãe e a Pátria da Língua Cónii-Lusibérica , vários Grandes Investigadôres que já há muitos anos (anos 60 para cá)Descobriram a Origem Única e Primordial da Nossa Língua , a Sua Origem Sagrada que , Daqui partiu com os Nossos Ancestrais , estêve na mítica Babel como em quase tôdos os lugares da Terra.



«  ... Para começar, a pesquisa de Humboldt(Clicar)  na Língua Basca e na antiga população da  Península Hibérica (Clicar) , levou-o a concluir que a população primária e autóctone do Sul da Europa, a sabêr, a Península Hibérica, a Itália e as Ilhas do Mediterrâneo, era tôda Hibérica. Esta população foi chamada de  Proto-Hibérica, tendo-se a população Europeia posteriôr originado dela.  O têrmo Raça Mediterrânica (ou Pôvo) também é utilizado nos meios académicos. De modo a que nos possamos referir  às pessoas da Raça Caucasiana, também se utilizam as designações de Paleo-Caucasiano ou Raça Caucasiana Antiga, e Raça Antiga-Mediterrânica, sendo os têrmos intercambiáveis. Refiro-me à população que saída da  Península Hibérica, se espalhou pelas bacias do Mediterrâneo e do Egeu, dos Balcãs, da Grécia moderna, do Cáucaso e do território da Índia moderna, bem como pela Ásia Menor e  Palestina. Esta é a área de difusão do vo Proto-Hibérico que, de acôrdo com Humboldt, tinha muitos ramos. Essas pessôas tinham uma Única Língua Essencial, com vários dialectos, e mêsmo que êsses dialectos tivessem assumido o caractér de línguas  independentes, permanecêram no entanto línguas irmãs que se fôram desenvolvendo como línguas mutuamente relacionadas. Foi por isso mêsmo que a designação  Proto-Hibérico se tornou usual, designação á qual - como já disse - a população Ancestral da  Península Hibérica (e da Itália) , em particular, a Basca, a Lusitâna (Centro-Norte de Portugal actual), a Etrusca, a Pelasga (os Conii do Sul de Portugal  actual, Alentejo e Algarve) etc. se encontra ligada. Além disso, Marr estudou a língua dos Sumérios, as ancestrais tribos Hibéricas da Ásia Menor e da Mesopotâmia, enquanto que o eminente estudioso georgiano Mikheil Tsereteli aprofundou a relação genética entre os Sumérios e os Georgianos modernos.  Os estudos de Marr, bem como tôdos os que fôram levados a cabo por estudiosos Arménios idóneos, tal como Ghapantsian, mostraram que uma parte considerável da população da Ásia Menor pertencia à raça Proto-Hibérica, representada pelos  Meskhian(o)s ou Moschoi, Cappadocians/Capadócios, Colchians/Colchianos, ... »
(in A Missão Espiritual da Geórgia de Zviad Gamsakhurdia)







Essa Língua, Aqui regressou muitos séculos mais tarde, já em diversos dialectos derivados, combinando-se com A Original que Aqui ficou e Aqui evoluiu também, e Transformando-SE no que foi há 9 séculos ,o Galaico-Português, até ao que É Hoje , O Português , ou seja , A Língua de Portugal.
Nem tôdos concordam com êsse Facto, mas tôdos os/as que realmente Importam, se unem á volta da Fogueira do Verbo Português.


http://www.inverso.pt/CarlosAlberto/Index.htm
 (Clicar na imagem)

« ... Ou fazendo que, mais que a de Medusa,

a vista vossa tema o Monte Atlante,

ou rompendo nos campos de Ampelusa

os muros de Marrocos e Trudante,

a minha já estimada e leda Musa

fico que em todo o mundo de vós cante,

de sorte que Alexandre em vós se veja,

sem à dita de Aquiles ter inveja! »

Canto X - Estâncias finais

(para Os Lusíadas de Luís de Camões)
 (Clicar)

O Português, que , durante êstes 9 séculos foi Espalhado pela Terra de nôvo , dando origem a novos Dialectos , a novas línguas derivadas , uma das quais é a  Brasileira.

Uma Certêza fica!

 A Semente, A Origem e a Matriz Está Aqui,Em Portugal, a Ancestral e Viva Cónii-Lusibéria, e Aqui Continua a sua Evolução! 

  Originou-SE Aqui, pois,a Nossa Língua , A de Portugal, a da Cónii-Lusibéria e Aqui Continua, e nada nem ninguém conseguirá Destruir a Língua de Portugal ou Portugal , como está a tentar sêr feito pelos Traidôres , infelizmente cá nascidos , pelos falsos amigos ou por inimigos declarados de Portugal...

Mas quem tem falsos amigos , para que é que precisa de inimigos? Não é verdade?...

A Cónii-Lusibérica É A Origem  real, de tôdas as outras(só nêste Aspecto é que estou de acôrdo com A.D. Lopes ) , inclusivé, o Latim, que , ao contrário da Manipulação estabelecida internacionalmente , se originou da Língua Cónii-Lusibérica.




5-Depois , acho muito estranho que  A.D. Lopes queira "afastar" O Brasil da Pátria-Mãe ,a Ancestralíssima e Sagrada Cónii-Lusibéria,de Portugal , portanto , a Origem da Língua, Mãe de tôdas as línguas.

6-Acho  muito estranho também, que pretendendo falar da Origem da Língua Lusa , que é , repito, a Sagrada Cónii-Lusibéria ,que é , portanto , Portugal, não conhêça em primeiro lugar ,
absolutamente NADA da História Ancestral de Portugal(Portucale), e nem um dos Autôres Conii-Lusibéricos que já mencionei antes e dos quais falarei a seguir.

6-E dir-lhe-ei também quem são êsses Grandes Cónii-Lusibéricos , Portuguêses portanto, que já publicaram há muito as suas Descobertas, alguns, na sua maioria , bem antes de A.D. Lopes(se é que é verdade aquilo que diz ...).
A verdade é que nenhum dêles, fez/faz o alarido que A.D. Lopes faz na imprensa, na TV, etc , tal como vejo numa simples pesquisa, exaltando as suas "descobertas" como se fôssem a Suprêma Sabedoria...
A verdade é que não lhes é permitido fazê-lo...melhor, hipócritamente deixam-nos publicar , mas boicotam por tôdos os meios ao seu dispôr, a sua Divulgação . 

O Trabalho e Estudos Publicados há muitos anos dos Autôres Cónii-Lusibéricos, Portuguêses,
a Sua Obra, vão contra a "historiêta" oficial e são  A Verdade Histórica que não interessa divulgar, por pôr em Causa Definitivamente tôda a falsidade e hipocrisia da estoriêta Manipulada, "oficialmente" estabelecida para Consumo das "massas"...

Tal como Diz o Pôvo Cónii-Lusibérico , o Pôvo Português, portanto , na Sua Ancestralíssima Genesíaca Sabedoria:

« O Barulho não faz Bem e o Bem não faz Barulho ! »





Muito embora discorde  de algumas das  assunções de alguns dêles, concordo na essência(e na maior parte) da verdade das suas Descobertas, de modo que, no conjunto, tôdos se completam mútuamente.

Coloco assim, os Geniais Descobridôres Cónii-Lusibéricos(Portuguêses, portanto) da Verdade Histórica da Nossa Língua, não só Cónii-Lusibérica(de Portugal)mas de tôdos os Povos da Terra, não por uma ordem Qualitativa , óbviamente , pois são Tôdos Essenciais e Descobridôres , mas sim por ordem de datas dos seus Estudos, mêsmo assim , de algum modo, aleatória: 


 

Já em 1981 ,um dos grandes Espiritualistas/Esoteristas Portuguêses,


António Telmo ,
 (Clicar)




inspirado por São Miguel Arcanjo , o Anjo de Portugal (isto afirmo eu . Não êle.) escrevia pela 
primeira vez na Terra,


que  analisa a Língua Conii-Lusibérica, a de Portugal portanto, do ponto de vista Sagrado , do Som e do Verbo de Dêus 

(tal como é dito no início do Génesis:



 “No Princípio Era O Verbo, O Verbo Estava Com Dêus e O Verbo Era Dêus”),



https://www.youtube.com/watch?v=tYQbZhWXRwM
 (Clicar na imagem)


 numa perspectiva que concorda com Moisés Espírito Santo , que afirma/prova , que a Nossa Língua Lusa é/seria a Cananita/Arameia, bem anteriôr á "hebraica", pois que a "mitologia israelita" , copia (e manipula a História e a Geografia do que realmente aconteceu e onde...)
muito á posteriori a Original de Canaã, não demostrando Moisés Espírito Santo, no entanto , que a Origem da Língua de Portugal, é bem anteriôr e que o percurso Inicial/Original 


Pós-Afundamentodo Continente Atlante naquilo que foi O Grande Dilúvio á escala planetária
(Clicar)



https://thegryph.deviantart.com/art/In-Port-194986718
 (Clicar na imagem)


 dos Nossos Ancestrais, foi inverso, ou seja, deu-se uma Primeira Grande Migração Civilizacional dos


(Clicar)

(bem anteriôr em muitos séculos , a aquela veiculada pelos Manipuladôres da História, conhecida como “indo-europeia”,título que em si já é manipulativo da Verdade , mas que, no entanto aconteceu, muito embora não da maneira que nos pretendem impingir …




                                          ao Extrêmo Oriente , passando pelo Norte , Centro e Sul Europeus até á Ásia , semeando civilizações por onde passavam , especialmente as civilizações Clássicas Mediterrânicas(as mais faladas são a Grêga e a Egípcia...) hôje muito conhecidas e estudadas,  mas cujos “estudos”, uns por completa ignorância do Passado Real


(Clicar)


e outros Deliberados , sofrem duma doença conhecida por 


(Clicar)



 
Ou seja, a Língua Original que se falava na Mítica Babel, Partiu Daqui, da CÓNII-LUSIBÉRIA-Ofiussa-Oestriminis , ou seja de Portugal/Península , e não o contrário, e é por isso que, estando ao lado de António Telmo no seu maravilhôso estudo da Nossa Língua, estou em desacôrdo completo no que respeita á origem "hebraica" que propõe. 


http://www.aramnahrin.org/English/index_en.htm
 (Clicar na imagem)

As lêtras/símbolos na capa do livro, são do alfabeto Aramaico, a Língua Mãe da Síria-Arameia, terra Nação Ancestral, onde Nascêram


 (Clicar), 


assim como  Abraão e Moisés 
                                (Clicar)

... Abraão que, afinal, era Caldeu, ou, Sumério de UR a capital da Suméria.
                                                                                    (Clicar)


« A História conta-nos que o "primeiro patriarca israelita", ABRAM(mais tarde renomeado para Abraão...), nasceu em UR dos Caldeus.” 
Ur era a capital da Suméria, presentemente o Sul do  Iraque. ...»

Na Babilónia terá estado a Mítica Babel  do "velho testamento", um livro judaico que mistura alguns(poucos) factos verdadeiros, com estoriêtas judias falsas e semi-falsas e tôda a narrativa  do Génesis e  do Dilúvio, que os judeus copiaram da História e Religiosidade  Escrita nos Textos Sagrados  de vários povos, os reais e ancestrais habitantes daquelas terras, incluindo  o  Pôvo Sírio-Arameu.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


 Mapa da ancestral Estrada das Caravanas. Notar a cidade de  Mizraim no Iemen do Norte.
 

«  ...  “E passaram por ali mercadôres Medianitas; pegaram em José e tiraram-no do pôço, e vendêram-no aos Ismaelitas por 20 chequel de prata. E trouxeram José para  Mizraim” (Génesis 37-28)
A Fraude da "bíblia" Septuaginta : A Roubar o Egipto e a 

Palestina!
No século II AC, a "Bíblia Hebraica" foi traduzida para o Grêgo na lendária Biblioteca de Alexandria. Setenta escribas judeus, daí a designação de Bíblia Septuaginta, ««««« (Clicar)   fôram encarregados desta tarefa pelos Ptolomeus (a monarquia Grêga do Egipto), tarefa na qual, substituíram astutamente o poderôso Egipto e o seu Rei pela obscura Mizraim e o seu Faraon(título para o chefe das tribos Arábicas na Ancestral Arábia) ... ««««« (Clicar)

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~




Babilónia





 «Etemenanki: nôme do enorme templo-tôrre na Babilónia, também conhecido por Tôrre de Babel. O seu nôme Sumério  E-temen-an-ki  significa  - Casa da Fundação do Céu na Terra - . »




 Reconstrucção de Etemenanki

                                             
 (porque, israelita é a velha e insignificante tribo de Mizraim, na Arábia...  «««««««««««««Clicar)




 

« ... Muitas das  estórias no Velho Testamento, são , de facto plagiadas, em particular da rica herança mítica Suméria. A estória de Noé e a do Dilúvio, a da Criação do Homem a partir do barro, Caim e Abel, o Jardim do Paraíso, a Árvore do Conhecimento, a criação de Eva  tirada duma costela de Adão, e numerosos outros mitos, tal como o do Atirar Moisés para o rio depois de têr nascido, não são nada mais do que estórias encontradas registadas nas Tábuas de Barro Sumérias de há 5000 anos... » 



« Tais relatos como os da Criação, do Jardim do Éden , do Dilúvio e dos Anjos, no "velho testamento" judaico-romano,vieram da literatura da mais ancestral civilização humana.Estas histórias fôram primeiramente escritas pela mais antiga civilização culta humana(conhecida/considerada), a Civilização Suméria de há 5500 anos. A sua nação estava localizada a sul da Mesopotâmia, mas a sua influência estendia-se até ao extrêmo Oriental da Europa, até á Índia  e Egipto.A maioria das línguas actuais, denotam traços emprestados de palavras Sumérias, mêsmo que não directamente relacionadas com elas.  ...»



https://ashraf62.wordpress.com/2012/08/19/hebrew-bible-plagiarized-mythology-and-defaced-monotheism/

 
Mais...

Não existem quaisquer provas histórico-arqueológicas da existência dum "israel" na vasta área de Canaã, o que  é comprovado Arqueológicamente  por um(existem mais...) dos mais conhecidos(e reconhecidos mundialmente) arqueólogos israelitas , Ze’ev Herzog, quando afirma categóricamente, num seu artigo publicado no Jornal  Ha'aretz  de 19 de Outubro de 1999, que (cito as suas palavras) 



  (Clicar)


« Na sequência de 70 anos de intensivas excavações na terra de Israel, os arqueólogos descobriram que: Os actos dos patriarcas, são estórias lendárias,descobriram que nós não estivemos no Egipto ou que fizemos um Exodo, que nós não conquistámos a terra de Canaã. Nem sequer existem provas da existência do "império de David e Salomão".Aquêles que realmente se interessam, sabem dêstes factos há anos, mas os israelitas são uma gente "casmurra" e não querem ouvir falar disso. ...» 

« ... Isto é o que os arqueólogos das suas escavações na "terra de Israel" : Os israelitas nunca estiveram no Egipto, nunca vaguearam pelo deserto,não conquistaram a terra numa campanha militar e não a passaram para as "12 tribos" de Israel. Talvez, o que custa ainda mais a engolir, é que a "monarquia unida de David e Salomão", que é descrita na "Bíblia"como um podêr regional, foi, no máximo, um pequêno reino tribal. E será sentido como um desagradável choque para muitos, sabêrem que o dêus de Israel , "yhwh", tinha uma consorte fêmea , e que a primitiva religião israelita só adoptou o monoteísmo no período desvanecente da monarquia e não no monte Sinai.  ...»

E segue por ali abaixo(leiam o texto completo no linque que vos deixei em cima) desmistificando e desmontando a farsa do "velho testamento", pela total ausência de provas arqueológicas nos locais  assinalados,  comprovam  as suas afirmações absolutamente Científicas.


~~~~~~~~~~~~~~~~//~~~~~~~~~~~~~~~~



http://www.fcsh.unl.pt/hp/Unidades/ISER.HTM
 (Clicar na imagem)


B-Já em 1988 e 1989 ,  Moisés Espírito Santo tinha decifrado a Origem da Língua Lusa, a de Portugal, em duas Grandes Obras que são um marco a nível Mundial , e que num Extraordinário Trabalho Profundamente Extensivo e Intensivo , prova á saciedade a Remota e profunda Ligação Cananita da Língua Cónii-Lusibérica( assim como a Nossa Espiritualidade muito própria) ,a Língua de Portugal, Trabalhos êsses que são as «Origens Orientais da Religião Popular Portuguêsa»(1988) e «Fontes Remotas da Cultura Portuguêsa»(1989).
(Clicar)

Postulamos a Origem Inversa do Movimento da Língua Cónii-Lusibérica , que Saíu Daqui , e que , entre outros lugares no Mundo , estêve na (repito) mítica  Babel.

Vários povos descendentes dos Nossos Ancestrais Remotos , dônos espirituais da Língua ,e que mantiveram o Uso da Língua , regressaram muitos séculos depois á Cónii-Lusibéria (naquilo que é errada e manipuladamente conhecido como "migrações indo-europeias"...).

Mas isto é algo de que Moisés Espírito Santo não nos fala, pois não é do seu interêsse, não é matéria do seu Estudo.

Êle apênas se refere (não específicamente) ao Movimento de Regresso da Língua á Cónii-Lusibéria, dizendo que "a origem" é Cananita.

CANANITAS(Fenícios) ! 



 


Atentêmos nesta palavra e confirmêmos que estamos, realmente, a falar dos CUNEUS Algarvios, Os CONIIS!

« Original: Konii e Konti( Koniti )

Grego: Kounéoi ( Konéoi ); Kunêsioi ( Kuneoi ); Kunetis ( Kynetis )


Latim: Kinetes ( Cinetes ); Kinetas ( Cinetas ); Kinetis ( Cinetis );
Cineticum ( Algarve )


Latim: Cuneo ( Cuneos ); Cuneu (Cuneus )


Outras variantes : Cónios, Conienses; Cenii, Cenis, etc. etc. etc..


Para melhor compreender a desvirtuação dos nomes originais, apresentamo-los ordenados:


Exemplo: Konii > Koniti ( Konti ) > Kunetis > Kynetis > Kinetes


Coniti ( Conti ) > Cunetis > Cynetis > Cinetes e Cineticum



Conii > Cónio > Cunes > Cuneo ( Cuneos ) > Cuneus »


(Clicar)


https://sites.google.com/site/cemallagos/carlos-alberto-castelo
(Clicar na imagem)

C-Também o grande Epigrafista Português, Cónii-Lusibérico portanto, Carlos Alberto Castelo traduziu durante muitos anos(idos anos 70), e completamente , a Língua inscrita nas Tábuas de mais de 6000 anos do Sudoeste Algarvio , Portugal, chegando á mêsma conclusão Essencial dos restantes autôres Portuguêses, de que a Língua Cónii-Lusibérica é a Língua-Mãe de tôdas as línguas,identificando também a maior civilização mundial da época, os que falavam a Língua-Mãe , a original, Os Atlante-Ligúro-Pelásgicos, os Conii,que, tal como os Lusos,são os Nossos Maiores Ancestrais.

Muito em breve, o Professôr Carlos Alberto Castelo publicará um Livro com FACTOS e PROVAS absolutas e concretas , o qual revolucionará e reporá a Verdade Histórica , não só da Lìngua Ancestral de Portugal ,como também da História de Portugal, e direi, do Mundo.

Tudo isto é confirmado recentemente por muitos testes de ADN feitos por investigadôres estrangeiros , que identificam Os Portuguêses (e os Bascos/Vascos) como tendo um genôma único nas populações Mundiais,o que indica que têmos em Nós , Pôvo Cónii-Lusibérico o ADN Atlante e Original.

«...The Portuguese have a characteristic unique among world populations: a high frequency of HLA-A25-B18-DR15 and A26-B38-DR13, which may reflect a still detectable founder effect coming from ancient Portuguese, i.e., oestrimnios and conios;

 Basques and Algerians also show specific haplotypes, A11-B27-DR1 and A2-B35-DR11, respectively, probably showing a relatively lower degree of admixture. A neighbor-joining dendrogram place Basques, Portuguese, Spaniards, and Algerians closer to each other and more separated from other populations. ...»



D-Igualmente , já dêsde 1989, que o Professôr Marcelino Luís Pereira,Filólogo e professôr do Grêgo e do Latim, de Filosofia , Paleografia e Biblioteconomia da Universidade de Coimbra , tem vindo a Divulgar os frutos dos seus Trabalhos no que respeita á Origem
Cónii-Lusibérica(Portuguêsa , portanto) da Língua-Mãe de tôdas as línguas posteriôres da Humanidade, mas que , no entanto , só agora em 2013 , lhe "foi permitido" , á revelia da "historiêta" oficial do sistêma e do próprio sistêma Manipuladôr da História (tal como já lhe disse anteriôrmente...), publicar pela primeira vez o  livro-Estudo-Obra «CÓDIGO LINGUÍSTICO HIEROGLÍFICO LUSIBÉRICO», um verdadeiro Marco Cultural Mundial, que vem , definitivamente , estabelecêr, a Origem Ancestral e Primogénita , não só , da Língua Conii-Lusibérica (Língua de Portugal, portanto)como a Língua-Mãe de tôdas as línguas posteriôres , mas também a Origem Ancestral (Atlante!)Remotíssima e Original do Pôvo Cónii-Lusibérico , que sômos Nós , Os Portuguêses.






Nas suas próprias palavras:

« Como professor ensinei desde português ao latim e grego, até à filosofia, paleografia e biblioteconomia. Paralelamente à faculdade, o arquivo da Universidade de Coimbra foi a minha segunda casa durante décadas.

De todo este contacto com as línguas e seus ensinamentos nasceu o meu Código Linguístico Lusibérico.

Tive uma visão de origem de todas as línguas, pois encontrei afinidades muito grandes entre elas.

A leitura paleográfica de tantos documentos que passaram pela minha mão trouxe-me certeza de ter encontrado a origem das línguas greco-latinas, as principais da Europa. Deu-me a razão da descoberta da palavra.

 O Código Linguístico Hieroglífico Lusibérico demonstra que a Língua Portuguesa Ibérica (Galaico Duriense) foi a primeira Língua do Mundo de onde derivaram dialeticamente todas as outras Línguas que localmente se diferenciaram.

Vestígios arqueológicos comprovam a veracidade do código. Os hieróglifos de Foz Côa são registos dos Povos Ibéricos descidos com os seus rebanhos no Neolítico, ou mesmo Paleolítico a caminho da nossa Dória, para dali, do Douro, sobretudo a partir da Régua e cale no Porto, seguirem para a Dória Grega.

A palavra ‘soprada’ ao primeiro Homem/Mulher está aqui impressa neste Código Linguístico Lusibérico. A revelação deste código abre portas até aqui esquecidas por NÓS…

A exactidão da origem da Língua reporta-nos a tempos longínquos, onde a mão do Divino nos guia e leva para o futuro prometido…
»



~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Dentro da mêsma Fonte de Conhecimento Real da Ancestralidade da Língua Original, a Conii-Lusibérica, encontra-se 
Fernando Rodrigues de Almeida

Êste  investigadôr Português tem como inspiração os Estudos profundos de Moisés Espírito Santo, na mêsma senda de pesquisa da Verdadeira História da Língua Conii-Lusibérica.
O seu excelente livro(que adquiri com imensa satisfação), O Outro Lado da História ,


http://alicerces1.blogspot.pt/2009/10/conversa-com-fernando-rodrigues-de.html 
(Clicar na imagem)


« ...saiu com a chancela da Câmara Municipal de Odemira, vila onde desenvolve actividade docente na Escola Secundária local. Embora um olhar comodista procure arrumar a sua obra no campo das monografias com interesse meramente local, o facto indesmentível é que o seu estudo tem um enorme interesse para o entendimento das raízes mais remotas da cultura portuguesa, radicadas numa herança fenícia / cartaginesa, que foi sendo ocultada a partir do domínio político do Império Romano, o qual teve como principal opositor na Península Ibérica e no Norte de África precisamente o poder de Cartago. Traz-nos ainda uma sólida leitura da chamada “Escrita do Sudoeste”, que teimosamente alguns investigadores e divulgadores continuam a apresentar como indecifrável. A investigação de Fernando Almeida não dispensa ainda um olhar sobre alguma toponímia e documentação ligada ao litoral alentejano, provando quanto uma visão atenta da nomeação do espaço não consegue desviar-se do encontro com fósseis do falar semita das camadas populares do nosso país.
Resolvemos conversar um pouco com autor a propósito dessa edição. Aqui ficam as respostas de um homem que não tem medo de remar contra a maré de alguns cuja principal preocupação é demolir o conhecimento com insinuações, sem apresentar argumentos científicos minimamente sólidos para a sua discordância.  ...» 






Do mêsmo modo, tôdas as Investigações e consequentes Descobertas do Professôr Fernando Rodrigues de Almeida, vão definitivamente ao encontro de tôdos os autôres Cónii-Lusibéricos , Portuguêses , portanto ,de quem já falei atrás.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



Nesta galeria  de Grandes Conii-Lusibéricos, não podia faltar o genial Filologista e Professôr José Teixeira Rêgo  (Clicar) , que entre muitos outros assuntos ligados á Língua de Portugal,  Estudou Profundamente a Ancestralíssima  Escrita do Alvão.



Quanto a Teixeira Rêgo, dedicar-lhe-ei posteriôrmente uma publicação aprofundada, devido á sua genialidade e importância para a Língua de Portugal.


Segundo datação por carbono-14, alcançou-se uma ancestralidade superiôr aos 7500 anos, bem superiôr á da Escrita Suméria(oficialmente "aceite" como a mais antiga...) , mas mêsmo assim inferiôr á da escrita Cónii do Sul de Portugal (+ de 12000 A.C.) , a sua origem( na minha humilde perspectiva ...), uma vez que o Movimento Migratório da Civilização Kónii, foi ascendente de Sul para Norte, Nordeste, Europa, Mediterrâneo  e Oriente.





CONCLUSÕES...

Olhando , para as datas em que êstes grandes Cónii-Lusibéricos, Portuguêses portanto , começaram a Divulgar os Estudos que já vinham a fazêr em anos anteriôres da década de 80(ou mêsmo 70) , e , lembrando-me  que no  texto que o citado A.D. Lopes que deu origem a esta publicação, me enviou , dizia que já em 1989 tinha feito a sua "1ª edição" (onde está ela ?), e , JUNTANDO estas várias "coincidências", isto leva-me a dizêr várias coisas que significam uma só...tal como o Pôvo Cónii-Lusibérico(Português , portanto) da Origem da Língua-Mãe diz :

«Isto Trás Água no Bico.»

e, 

«Aqui há Gato.»

e,

 «Cheira-me a Esturro.» ...


Mais uma vez na Ancestralíssima Sabedoria Popular Cónii-Lusibérica, Portuguêsa portanto, 

«Para Bom Entendedôr, Meia palavra Basta.» ...



D.AFFONSO HENRIQUES
 
Pae, foste cavalleiro.
Hoje a vigília é nossa.
Dá-nos o exemplo inteiro
E a tua inteira força!
Dá, contra a hora em que, errada,
Novos infiéis vençam,
A bênção como Espada,
A Espada como benção!

~~~~~~~~


TRADUCÇÃO, EMENDA e COMENTÁRIOS

(do texto publicitário que A.D. Lopes me enviou)



da



LÍNGUA BRASILEIRA para a LÍNGUA PORTUGUÊSA



ou seja,



A  LÍNGUA DE PORTUGAL





A LÍNGUA LUZ é a semente linguística cósmica, que originou as actuais 10.000 línguas vivas existentes no planêta , e a nossa língua, a LÍNGUA LUSA, é a primeira língua que aflora dessa semente inicial. Para quem não sabe, a LÍNGUA LUSA recebe o nôme de PORTUGUÊSA, "devido ao PÔVO LUSO pintar o pôrto com cal"(??!!) , que é a cor branca da época." » (???!!!)


Ridícula, essa pseudo-explicação, a que diz :

 "devido ao PÔVO LUSO pintar o pôrto com cal"(??!!) , que é a cor branca da época."(??!!)  ...

Existem várias outras explicações prácticas (porque as Sagradas não mencionarei agora) que fazem tôdo o sentido(ao invés da esfarrapada, estúpida explicação de A.D. Lopes), uma vez que os locais escolhidos pelos povos para se estabelecêrem ,naquelas épocas, tinha muito a vêr com a capacidade de defêsa e ao mêsmo tempo a facilidade de entrar e sair sem pôr em perigo a localidade.

Começêmos pelos Gallos, muito embora, não por Ordem Temporal.

Outros, mais ancestrais, cá estiveram e ficaram, mas dêsses falarei a seguir.






 «Terras da antiga Galécia (noroeste Hibérico), e bandeira recuperada da dinastia do reino Suevo.A Galécia tem origem na zona de Cale, o actual centro histórico da cidade do Pôrto (Portugal advém de Pôrto-Cale ou "pôrto de Cale". Daqui nasce o nome da Nação Portucalense, pela mão da dinastia de Borgonha, e da cidade do Pôrto, que dá o seu nome à nação, ficando designada como o seu pôrto), tendo sido estendida a sua designação a todas as tribos Calaicas do Noroeste Peninsular. Assim, Galicia, galaicos, Galécia ou Callaeci, pôvo de Cale, terras de Cale, têm a raiz do seu significado na linguagem dos Galos "Caileach", nome da "deusa-terra" para os Calaicos desta região.»

Tudo isto aconteceu por êsses idos anos de 296 A.C. , mas não fôram êstes, os fundadôres originais de Pôrto-Calle.

« 296 A.C. -  Os Povos Gallos, que, vindos da Andaluzia, foram povoando todo o Ribatejo, Santarém, Tomar, Coimbra e Talabrica, até chegarem ao Douro, na margem direita, ai fundaram uma cidade a que chamaram Portus-Gallus, que  fortificaram convenientemente – Teriam sido os primeiros povos não Gregos, a instalarem-se no Porto.

 Rodrigo Mendes da Silva, era de Celorico da Beira e foi viver para Madrid ,e foi cronista dos 

(Clicar)

Filipes; 

... Na sua Poblacion General de Espanha, a folha 118 v.  
(Clicar),

 diz que – a opinião mais seguida entre os doutos, é que os povos Gallos franceses, fundaram a povoação de Gaia, pelos anos 296 antes de Jesus Cristo, dando-lhe o nome de Porto-Gallo.

 
O padre Agostinho Rebello da Costa  diz na sua
(Clicar)

 Descripção topografica, e historica da Cidade do Porto :
(Clicar) 




 «Aos povos Gallos francêses atribuem a fundação do Porto, aqueles que asseveram passarem eles do Alentejo para a Extremadura, em companhia dos Turdetanos, e que, depois de conquistarem as províncias da Beira e Minho, erigiram, para segurança e presidio das suas tropas, o castelo de Cale. D`aqui, dizem, se mudaram para a parte septentrional do Douro, onde deram principio à cidade do Porto, com o nome de Portucale.»

~~~~~~~~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mas, procurando mais profundamente no Tempo as Origens da Invicta, encontramos registos da sua Fundação e Ocupação muitos séculos mais antigos.



Diz-nos, a propósito,   Frey Bernardo de Brito
                                                     (Clicar) 





http://catalogo.bnportugal.pt/ipac20/ipac.jsp?profile=bn&source=~!bnp&view=subscriptionsummary&uri=full=3100024~!1745415~!2&ri=1&aspect=subtab13&menu=search&ipp=20&spp=20&staffonly=&term=lus%C3%83%C2%ADadas&index=.TW&uindex=&aspect=subtab13&menu=search&ri=1
(Clicar na imagem)


na sua    MONARQUIA LUSITÂNA  ,       
(Clicar)



que o irlandês João Lesseo , bispo de Ross na 
Hibérnia Antiga, escreveu na sua História da Escócia  o seguinte:   

« 1508 A.C.:  

Gatello Cecropis, filho de Neolo, 4.º Rei dos Grêgos, casado com Scota, irmã de Pharaó
(Clicar)

http://ionamiller.weebly.com/scota.html
Clicar na Imagem


"perseguidor dos israelitas", que fundou a povoação de Cale, 

pelos anos 1508 antes de Jesus Cristo.

 Fugindo ás pragas do Egipto, saiu pelo Nilo, para o mar Jónio, e atravessando o Mediterrâneo, dirigiu-se com grande número de gregos, para o Oceano Atlântico, vindo a aportar ao Doiro, desembarcando a pouco mais de meia légua da sua foz, e aí fundou uma povoação a que deu o nôme de Gatellia, ou Porto Gatellio, de onde se derivou o nome de Portugal.


 Esta fundação coincidiu com a "saída dos judeus, do Egipto
" há 3.500 anos!
 D. frei Prudêncio de Sandoval, nas suas Antiguidades de Tuy, assevera que este Gatello, foi o fundador de Porto Gatellio e da cidade de Tuy. 
»  

  
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Nota




Nota Importante Relativa ao Texto Anteriôr


João Lesseo, Bispo de Ross, na Irlanda Antiga, escreve que o Rei do Egipto que "perseguiu os israelitas"


                                                                              (Clicar)

se chamava Pharaó, e não,  que era "um Faraó"   , algo que vai ao encontro das afirmações 

categóricas do famôso Historiadôr Egípcio

                                                                                                                         (Clicar)
  

Nota: E porquê a minha insistência nêste Ponto Essencial? Porque os "israelitas"não passam duma das obscuras tribos da Arábia Ancestral.
Porque os actuais auto-assumidos "descendentes"dos "israelitas" não são , nem nunca fôram Semitas.
Porque tôda A História das Nações, tôda A História da Humanidade , está infectada pelas Mentiras e Manipulações Judaico-Sionistas, que pretendem a Destruição da História Ancestral das Nações , a Destruição da Verdade Histórica e a Sua substituição pelas Mentiras Sionistas duma nação que não existe, ou alguma vez existiu em nenhum dos locais relatados pelo "velho testamento".
Porque o objectivo final de tôda esta imensa Manipulação,  é a Tirania e domínio globais, do "pôvo eleito" de Lúcifer.
Sem esta Questão tão importante sêr Manifestamente esclarecida, as Nações da Terra, a Humanidade, nunca poderão sêr Livres, nunca poderão Encontrar-se, Encontrar A Verdade Histórica. 
E claro que, tôda esta Manipulação da Verdade Histórica, rouba ás Nações as suas Raízes e Origens, incluindo as da sua Língua.
Não tenho a pretensão de, ao mencionar/denunciar esta Mentira, mudar " o curso da História", embora sabendo que A Verdade Histórica das Nações, acabará por se Impôr.
Mas aqui fica a minha pequenina contribuição para o restabelecimento Da Verdade.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~"~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 


http://mini-site.louvre.fr/ingres/1.4.1.1p_fr.html?&&newWidth==764&&newHeight==590
(Clicar na Imagem)


Continuando com a História dos Primeiros Fundadôres do Pôrto de Cale, diz-nos também Frey Bernardo de Brito :

« 1184 A.C. - Os primeiros fundadores de Gaia, foram os Grêgos; Diomedes, rei de Etólia, e companheiro de Ulisses na Guerra de Tróia, o qual com os seus, passaram à Itália, e dali a Espanha, onde edificaram a cidade de Tide, ou Tude, Hoje Tuy, sobre a direita do rio Minho. Diz Floriam, que lhe deram este nome, em memória de Tideo, pai de Diomedes. Foram os seus companheiros povoando as terras situadas entre Douro e Minho, e passando para o Sul do primeiro dêstes rios, fundaram uma povoação a que deram o nôme de Gráya, ou Grávia, deduzindo o vocábulo de Graius, ou Gravius; e que depois se veio a chamar Portus Graius. (Pôrto Grêgo).
 
 Na "
Descripção topográfica e histórica da cidade do Pôrto" , por Agostinho Rebelo da Costa, diz-se:
 
 «Uns atribuem a sua fundação, àqueles grêgos da provincia de Thraia, que habitavam as margens do rio Áxio, homens guerreiros, e exercitados no valor militar, chamados migdones.
 Dizem pois, que impelidos êstes grêgos por uma furiosa tempestade, surgiram na foz do rio Douro, e, subindo por êle, fôram parar ao lugar chamado Gaia – se o lugar de Gaia já existia, prova a sua antiguidade – do qual passaram para a outra margem, onde edificaram uma cidade, com o nôme de Lavra, que depois se chamou Pôrtucale.
 Talvez que os chefes desta opinião, vendo que Ptolomeu, nas suas Cartas geográficas, fixara a cidade de Lavra na mesma posição da cidade do Pôrto, dessem causa à errada ideia que concebeu uma grande parte do vulgo, de que a freguesia de S. Salvador de Lavra, cita na comarca da Maia, três léguas ao norte distante do Pôrto, fôra a primeira fundação d`esta cidade.»
 
 Continua este escritôr:
 
 «Menelau, irmão de Agamenon e marido de Helêna (a de Tróia) desterrando-se da sua pátria, passara do Mediterrâneo ao Oceano, até à altura em que está a cidade do Pôrto, que êle edificara, cercando-a de elevados muros, e ornando-a com tôdos os edifícios necessários a formarem a sua grandeza.
 Os costumes e ritos da Lacedemónia, praticados pelos portugueses da província do Minho, ainda até ao tempo de Estrabão, são os maiores fundamentos em que se firmam os autôres d´esta opinião.»
 
 Moedas gregas – Serra do Pilar; uma de Atenas, do início do século V, outra de Alexandre III, do início do século IV antes de Jesus Cristo; não há provas da sua chegada a este local, mas deverão ter chegado antes dos romanos, em finais do século IV ou início do século III antes de Cristo, depois de terem circulado pela Anatólia, Levante e Egipto, onde uma foi puncionada.»



Tetradracma de Atênas: 393-300 AC
  (Clicar) 

Alexandre o Grande, AR Tetradracma, Amphipolis, 315-294 AC

  (Clicar)

Não são as originais faladas acima, pois não consegui encontrar nenhuma imagem ou gravura . No entanto, as mencionadas moedas encontram-se na Universidade do Pôrto, na

 Sala de Antropologia Mendes Corrêa 
    (Clicar) 

 «site» que me parece, se encontra bloqueado...



Pôrto-Cal(e)


« ... Para quem não sabe, a LÍNGUA LUSA recebe o nôme de PORTUGUÊSA, "devido ao 
 PÔVO LUSO pintar o pôrto com cal"(??!!) , que é a cor branca da época."  ... »


Mas, desmontando o ridículo e a estupidez desta frase de A.D. Lopes, analisêmos etimológicamente a palavra Pôrto-Cale.



https://youtu.be/hpHdCphGjjM
Clicar na Imagem

Assim, da Monumental e Única Grande Obra, o

 (Clicar)

(a de Portugal , claro) de José PedroMachado, retiro as seguintes palavras :
                                                           (Clicar)

«... É de mencionar Cale, antigo nome latino de Vila Nova de Gaia (Portugal), o qual terá origem não em ‘canale’ mas sim no termo pré-romano ‘cale’, ‘cala’, ‘gale’ ou ‘cala’, com significado de «rocha», «abrigo», «fortaleza» [daqui terá surgido o nome ‘Gallaecia’, do qual evoluiu Galiza (idem)] ...

O que me parece, para já, mais seguro , é ver no latim ‘canales’ a origem de Cales, nome que teria surgido pela necessidade de nomear um determinado aspecto do terreno ou da paisagem, neste caso, «canais» ou regos.»

O que concorda com, as do «Novo Diccionário da Língua Portuguêsa»
                                      (Clicar)

 (a de Portugal , claro) , de Cândido de Figueiredo.

« CAL - O mêsmo que CALE, braço de rio/ria

ou,

CALA - Pequêna enseada entre rochêdos. ...».


Estas definições concordam com a necessidade de Defêsa e com o aproveitamento das defêsas naturais de uma localidade.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



ALGUMAS NOTAS FINAIS

... Só que esse pôvo, que pronuncia a lêtra v com som de b. Ex: tu vais vira tu bais, Passa a pronunciar PORTO CAL como PORTO GAL/PORTUGAL . ...

Êsse pôvo era , e ainda é , o Pôvo Cónii-Lusibérico, o de Portugal!
E Depois, ou Antes(como Sempre , Antes...), existem as Explicações mais Profundas , que são as de Ordem Espiritual, mas não me debruço agora Aí.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Só que esse Pôvo, que troca os V(ês) pelos B(ês) - tu vais/tu bais - , começa "a pronunciar PôRTO CAL como PôRTO GAL/PORTUGAL."(??!!) Essa expressão entrou de tal maneira na gíria popular, que a "maioria dos portuguêses e brasileiros não sabem disso." ...» (??!!)

Mais uma vez ,isso não faz sentido nenhum.

Em primeiro lugar , Êsse Pôvo que troca os Bês pelos Vês, é o Ancestralíssimo Pôvo do Pôrto e Gaia(A Terra Mãe!) , ao Qual tenho a Honra de pertencêr.

A  "conclusão" de A.D. Lopes é mais uma vez, absolutamente ridícula, Ignorante, ilógica e sem nenhuma base etimológica. 

"...que troca os V(ês) pelos B(ês) - tu vais/tu bais - , 
começa "a pronunciar PôRTO CAL como PôRTO GAL/PORTUGAL. ..." 

Quem troca os Bês pelos Vês , não troca os Cês pelos Gês.

Ou seja, no Pôrto ( e eu sou Tripeiro ) não se troca(ou retira)os Cês por nenhuma outra lêtra .

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



Se pronunciar A LUZ (rápidamente) A LUZ, A LUZ, ALUZALUZ,LUSA, origina o vocábulo LUSA.”
"A letra A muda de lugar, indo para a frente da palavra LUZ. Compreende?"

Não é preciso sêr-se um génio para descobrir isso. Faço essa brincadeira dêsde muito jovem.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~




" ...Vai querêr lêr o livro "A Língua Luz " .
A Língua Lusa, "apelidada de Portuguêsa," ..."

"Apelidada" de Portuguêsa??!!

A Língua de Portugal É A Portuguêsa e, A Língua Luza, ou Cónii-Lusibérica , É A Língua Ancestral Portuguêsa!

A Língua do Brasil É a Brasileira!

Literalmente e não só, existe um Oceano (de Diferenças Irreconciliáveis) a Separar as DUAS Línguas.
Não há maneira de apagar  dessa Verdade Essencial .

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~




"...Aqui no Brasil, a denominação "Galêga" é desconhecida e só serve para confundir. ..."

Pois , Aqui Em Portugal não há confusão nenhuma. A Língua de Portugal no século XI chamava-se de Galaico-Portuguêsa inicialmente, por têr Raíz Calaica(mas até nessa afirmação existe manipulação Histórica, tal como já foi dito mais atrás, pois que o “galaico-português” , que começou a sêr falado em Pôrto Cale, tem Origem na Língua Cónii-Lusibérica...), sabendo-se que a Galiza Natural começa no Pôrto, continua para Norte pela vasta Região Minhôta até Braga , de Braga até Castro Laboreiro e tôdo o Litoral que vai do Pôrto até á restante e actual Galiza.
Depois da Fundação de Portugal por El-Rey Dom Afonso Henriques, A Língua Autonomizou-se e Seguiu os Seus Próprios Caminhos tornando-se Independente, tal como a Nação Portuguêsa, chamando-se portanto de Língua Portuguêsa, por Sêr de Portugal,Têr Origem em Portugal e Evoluir Em Portugal até ao dia de Hôje.
Qualquer evolução posteriôr da Língua de Portugal fora da Sua Pátria ,depois da Epopeia Espiritual das Descobertas, deixou de Sêr Portuguêsa e toma o nôme das Nações originadas posteriôrmente, seguindo cada Língua Originada e autonomizada , o seu próprio curso.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

"... Descobertas astronómicas, que deitam por terra a teoria de Copérnico(???!!!)  ..."

Copérnico?!
O que é que pode estar errado no Facto de que o Sol é o Centro do nosso Sistêma Planetário?!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

"… hôje, o que eu  descobri e digo no livro "A Língua Luz" , é reconhecido por ilustres intelectuais e confirmado por provas cósmicas, e marca o início da Grande Revolução Cultural pela qual passará o planêta."

 Afirmação muito forte, realmente...e irreal...e falaciosa.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~




"São descobertas incómodas, que fazem do sabêr actual, algo de ultrapassado. ..."

 As Descobertas de que A.D. Lopes se gaba têr protagonizado, estão feitas há muito Em Portugal , na Cónii-Lusibéria , já a partir da década de 60, e depois da década de 70 e publicadas na década de 80, tal como já Escrevi mais acima nesta publicação.

 Lusitânia , A Corôa da Europa


O Tempo Final está aí...

O Fim dos Traidôres e dos Inimigos  da Pátria Cónii-Lusibérica, da Terra de Santa Maria  que É Portugal, Aproxima-se.

Reporêmos A Verdade Histórica de Portugal! 

Reporêmos a Verdade da Língua de Portugal!

Restaurarêmos Portugal Soberâno!

El-Rey Menino e Imperadôr Universal do Espírito Santo! 











(Nota final: O "anónimo" que me escreveu, vim a descobrir depois sêr Aluísio Dias Lopes )

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...